terça-feira, 26 de outubro de 2010

  • A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso. Daí viver num asilo, até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante pra poder aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade. Você vai para colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando. E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?

  •                                                                                 Charles Chaplin !                                  
Presa em meu futuro, sem vida no meu presente, sonhadora nas noites de chuva ...
É engraçado, estou começando a me sentir estranha, como se eu não estivesse vivendo a vida, uma coisa bastante estranha que nem ao menos consigo tentar explicar. As pessoas estão começando a namorar, estão começando a sair da rotina, estão tão corridas que mal mal se acham no meio da multidão, enquanto eu estou aqui tão parada, apenas sonhadora mas nunca saio da minha cama para colocar meus planos em prática, entro no orkut e a cada acesso, uma novidade. Amigos que eu nem poderia imaginar já estão com novas companheiras em suas vidas, amores passados hoje estão solteiros sem ninguém para esquentá-los nas noites frias e a cada dia uma novidade na vida de cada um, mas quando olho pra dentro da minha vejo somente um vazio, aquele breu completo, me encontro indo à festas universitárias, fazendo novas viagens, indo em show's, porém a diversão é só por um momento, no dia seguinte me encontro totalmente desesperada e preocupada novamente, como se a minha rotina fosse sempre a mesma de domingo à sábado, vou para a escola e lá, tantos caras que se podem denominar bonitos, pena que nenhum faça o meu tipo e nenhum seja o que eu estou procurando, quando durmo penso em quem será o meu futuro marido, como ele é, o que ele está fazendo nesse momento, será que ele está beijando outra ? Me perco totalmente em um futuro que ainda demorará a chegar e esqueço de viver o presente, e se a pessoa que me acompanhará pro resto da vida for aquele amigo que está bem ao meu lado ? O meu hoje é feliz, amanhã nada mais faz sentido, o ontem foi melhor que hoje e hoje será melhor que amanhã. Preciso libertar a minha alma, sair voando à procura do meu pássaro que também está a voar no céu à minha procura para ir ao meu encontro, preciso mergulhar em um mar de fantasias e acreditar mais nos prazeres que a vida tem, Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas, continuarei a escrever... até que um dia as palavras se tornem parte da vida real .

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Mãe,



a palavra mais bonita de todos os tempos. As duas palavras mais lindas do dicionário podem se juntar e se encaixar direitinho, amor e mãe. As duas coisas juntas se completam . Amor de Mãe, Mãe eu te amo . Mãe é uma palavra forte, forte como a frase ' Eu te Amo ' Mãe é sagrado, não se diz à todos . Abraços e beijos de um namorado é bom, mas nada se compara a um cafuné de mãe, mãe põe pra dormir, mãe apaga a luz, mãe socorre na escuridão, mãe dá carinho, mãe dá segurança, mãe é pequena no tamanho e gigante no coração, amor de mãe não tem tamanho, não tem limites, e por mais que mãe pareça ser chata e cafona, mãe sempre tem razão, tudo que elas falam acontece, você que ouse desobedecer sua mãe, fecha os olhos que lá vem encrenca. Mãe é mulher, mãe é guerreira, mãe é batalhadora, mãe luta, mãe sofre, sofre pra sustentar, sofre pra aguentar, sofre porque ama, ama a gente, os seus filhos tão teimosos e desobedientes. Muitas vezes não reconhecemos seu esforço, temos uma vida de luxo que não nos falta nada e muitas vezes pensamos que isso nos é dado de mãos beijadas, mal sabemos nós o esforço que vem por trás de tudo isso, escolas particulares, cotas em clubes, boa moradia, altas compras, tudo isso vem do suor de nossos pais, principalmente o carinho e o conforto que nos é dado, graças às nossas mães isso nunca falta. Hoje eu estava em uma festa de aniversário e minha mãe me deu um abraço, esse não é nosso costume, mas eu me confortei tanto naqueles braços que não queria mais soltar, foi aí que percebi, nada se compara a um carinho de mãe, por isso hoje vim fazer uma homenagem para as mães, principalmente para a minha, mãe é realmente incrivel, uma grande heroína . Eu Amo Minha Mãe .

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Foi bom, mas é tudo ilusão ..

Às vezes percebemos o quanto as coisas mais fúteis em nossas vidas podem se tornar os maiores problemas dela, às vezes a gente acha que escola é só chatice e que não precisamos dela, na hora do aperto final, vemos o quanto ela é importante pra nós, e o quanto nossa vida se torna um inferno quando não estudamos e tiramos notas ruíns, às vezes só damos valor às festinhas com a finalidade de encontrar gatos e gatas, e azarar e por nossa vontade viveriamos viajando e viajando à procura de novas festas, novos lugares, novas pessoas, é tão bom respirar um novo ar, ver novos rostos, beijar novas bocas e conhecer outras famílias diferentes das suas. Como é ruim chegar de viagem e se deparar com o seu quarto todo arrumado, frio, pois há dias em que você não entra nele e ele ficou sei la quanto tempo fechado e passando noites sozinho, sem o seu calor humano naquele lugar, é tão ruim chegar de viagem e ver que tudo acabou, que tudo passou, e que agora tudo o que te resta é voltar para a sua velha e sofrida rotina, o silêncio da casa, o frio dos quartos, a solidão em pessoas, o vazio da noite, o tédio da tarde, o sono depois da aula, o estudo para as provas e parece que agora nem dormir tem mais graça, você lembra de todos os momentos que passou feliz, e vê que tudo foi uma ilusão, que agora o que te resta é lembranças de um momento que jamais voltará. Tudo o que você quer é acabar logo com as tarefas acadêmicas para poder ir para as férias, para voltar ao que um dia foi real, conhecer novas pessoas , ser feliz e voltar tudo outra vez. Porém você percebe que embora falte pouco sua missão ainda não acabou, antes de poder ir ser feliz, você terá de estudar mais do que o seu tempo permite, terá de abrir mão dos seus finais de semana e terá que esquentar seus neurônios 24 horas pra ir bem naquela prova de física do dia seguinte . É, é mesmo super tedioso e super triste. E só mesmo estando na minha pele e passando por tudo o que eu passei pra realmente saber o que estou sentindo e perceber que tamanha é a minha depressão de estar de volta, pois é, festinha da batata, agora é só ano que vem . :/

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

"A cobiça envenenou a alma do homem, levantou no mundo as muralhas do ódio e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e os morticínios. Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, emperdenidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que máquinas, precisamos de humanidade."



"As duas personalidades que eu mais desejaria recriar em um filme seriam Napoleão e Jesus Cristo... Não representaria Napoleão como um general poderoso, mas como um ser fraco, taciturno, quase melancólico, e sempre importunado pelos membros de sua família. Quanto ao Cristo, gostaria também de modificá-lo no espírito das massas. Acho que a personagem mais forte, mais dinâmica e mais importante que já existiu, acabou por ser terrivelmente deformada pela tradição. Mostrá-lo-ia, então, acolhido em delírio por homens, mulheres, e crianças. As pessoas iriam ao seu encontro para sentir seu magnetismo. Não mais seria um homem piedoso, triste e distanciado; um solitário que acabou por ser o maior imcompreendido de todos os tempos."